25 fevereiro 2014

Morreu Harold Ramis


O ator, diretor e roteirista Harold Ramis morreu aos 69 anos em Chicago, nos EUA, nesta segunda-feira (24), em decorrência de um tipo raro de vasculite autoimune, que provoca o inchaço de vasos sanguíneos. Sua mulher, Erica Ramis, comentou que ele lutava contra a doença desde 2010.


Com currículo impressionante, trabalhando em todas as áreas do cinema,  Ramis ainda dirigiu e coescreveu "Feitiço do tempo" (1993), pelo qual ganhou um BAFTA de melhor roteiro original, "Clube dos pilantras" (1980), "Férias frustradas" (1983), "Máfia no divã" (1999), "Máfia volta ao divã" (2002), "Os caça-fantasmas 2" (1989), "Recrutas da pesada" (1981) e "Presente de grego" (1987), "Eu, Minha Mulher e Minhas Cópias" e "Ano Um" seu último filme. Também fez papéis menores em "Ligeiramente grávidos" (2007)  e "Melhor é impossível" (1997). Também escreveu programas da série de TV "Os caça-fantasmas" e dirigiu episódios de "The office" e roteirizou "O clube dos cafajestes", de 1978.

Nascido em Chicago, Ramis começou a trabalhar com comédia na faculdade, onde escreveu paródias de peças teatrais. Em seguida passou a se envolver com com produções independentes para TV e com o grupo Second City, de onde saíriam John Belushi e Bill Murray.



O ator Billy Crystal escreveu em seu perfil no Twitter: "triste por ouvir que meu amigo Harold Ramis morreu. Um ator e diretor brilhante e engraçado. Um marido e pai maravilhoso. Grande perda para nós todos".
Seth MacFarlane declarou: "Harold Ramis foi um exemplo brilhante para todo roteirista de comédia que espera alcançar excelência neste campo". A atriz Julianne Moore escreveu: "Muito triste em ouvir que perdemos Harold Ramis. Excepcionalmente talentoso, excepcionalmente bondoso."

Nenhum comentário:

Postar um comentário